Header Ads Widget

Tory Lanez defende Chris Brown após artista ser acusado de agressão sexual.



Amigos famosos de Chris Brown expressaram seu apoio  quando as notícias de um processo de US$ 20 milhões de uma mulher surgiram.

A internet tem falado sobre o processo movido recentemente contra Chris Brown, mas o cantor nega as acusações. Nos últimos dias, informamos sobre as notícias de que Brown estava enfrentando um novo processo. 

Segundo relatos, uma mulher conhecida apenas neste momento como Jane Doe, alegou que o rapper a convidou para uma festa na casa de Diddy em Miami, Star Island. Ela acusou ele de drogá-la antes de estuprá-la em um quarto.



Jane Doe está  buscando US$ 20 milhões em danos, e não muito tempo depois que as notícias começaram a circular, Brown apareceu com uma resposta. “ESPERO QUE VEJAM ESTE PADRÃO DE MENTIRAS”, escreveu ele. “Sempre que estou lançando músicas ou projetos, eles tentam criar alguma merda”. 

Mais tarde, ele enviou uma foto de si mesmo usando vários bonés de beisebol para enfatizar ainda mais sua negação, fazendo alusão a gíria No Cap, que quer dizer, ‘mentira’. Enquanto isso, Tory Lanez entrou na conversa para defender seu amigo.

“Eles realmente precisam deixar meu mano @ChrisBrownOfficial em paz e deixá-lo ser grande!!!!” escreveu Lanez. “Toda vez que ele tem alguma coisa boa acontecendo, ou ele começa a lançar um álbum aqui, alguém vem com alguma merda falsa para arrastá-lo para baixo!!!!! Eu literalmente nunca vi o homem ser nada além de legal para seus fãs e colegas!!! Deixe o GOAT ser o GOAT”. 



publicou o artista, em defesa de Breezy.

Os advogados da mulher, Ariel Mitchell e George Vrabeck, estão dizendo que seu cliente não relatou a agressão sexual aos policiais na época, porque era estudante de medicina e estava envergonhada. 

Mitchell e Vrabeck também dizem que estão comprometidos com a vítima sendo ouvida e pediriam a qualquer pessoa com informações que entrasse em contato com eles.

Enviar um comentário

0 Comentários