Header Ads Widget

Abertura de praias e piscinas públicas previstas para 1 de Março



O Executivo tem pretensão de agravar e aligeirar algumas medidas de combate a pandemia, no próximo decreto presidencial como a reabertura das praias e piscinas, a partir de 1 de Março, segundo informações avançadas pelo coordenador da Comissão Multissectorial de Combate à Covid-19, Francisco Furtado.



A Comissão Multissectorial de Combate a Covid-19 que reuniu nesta quarta-feira, 23 de Fevereiro, para analisar a situação epidemiológica do país, chegou a conclusão que deve propôr a que se cesse a obrigatoriedade da apresentação de teste de covid negativo em alguns sectores públicos e em qualquer outro estabelecimento sendo obrigatório que os cidadãos apresentem o certificado de vacinação com as duas doses, desta forma irão priorizar o uso de testes nos hospitais e no acesso as fronteiras.

Na reunião foram ainda apresentadas propostas como: o fim da obrigatorioradade de apresentar teste negativo feito nas últimas 24 horas, abertura de praias e piscinas apartir de 1 de Março com a obrigatoriedade da apresentação do certificado de vacinação com as duas doses e a melhoria do processo de testagem pós desembarque.



A actualização do novo decreto presidencial será feita a 25 de fevereiro e as medidas passam a vigorar apartir de 1 de Março.

Enviar um comentário

0 Comentários